Polícia interdita clínicas onde idosa foi internada à força pela filha e genro no RJ

Lia Xan
Lia Xan 2 Min Read
2 Min Read

Neste sábado, 25, a Polícia Civil do Catete, município da Região Serrana do Rio de Janeiro, conseguiu interditar duas clínicas psiquiátricas onde a idosa Maria Aparecida de Paiva, de 65 anos, foi internada à força por sua filha e pelo seu genro. Ela passou por uma clínica em janeiro e foi transferida para outra clínica em fevereiro, ambas em Petrópolis. Segundo as investigações, que ainda estão em curso, Maria não teria apresentado nenhum problema psiquiátrico. A filha Patrícia de Paiva Reis e o genro Rafael Machado já estavam desde 2022 na tentativa de internar a idosa para desqualificá-la e ficar com seus bens. Os laudos apontados pelos médicos das clínicas são irregulares, portanto outros médicos devem dar um parecer sobre a saúde da idosa, que supostamente estaria com depressão severa e delírios, mas de acordo com as investigações nada disso é procedente. A suspeita de internar a mãe à força também conta com uma extensa ficha criminal e responde a cinco processos por calúnia, estelionato, extorsão e furto de veículo, entre 2019 e 2020.

As clínicas interditadas não podem mais receber pacientes e os residentes que estejam recebendo tratamento devem ser transferidos para outras clínicas. Na próxima semana, médicos e testemunhas devem ser ouvidos para esclarecimento, além disso também devem ser obtidas imagens das câmeras de segurança do prédio onde Maria Aparecida mora.

Share This Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

fapjunk
Reading: Polícia interdita clínicas onde idosa foi internada à força pela filha e genro no RJ

© 2024 Globo Brasil- [email protected]