Manoel Conde Neto comenta a justificativa do preço dos medicamentos na indústria farmacêutica

Lia Xan
Lia Xan 4 Min Read
4 Min Read
Manoel Conde Neto

Você com certeza já deve ter ouvido algum familiar reclamando acerca dos preços dos medicamentos nas farmácias, correto? O proprietário da farma conde, Manoel Conde Neto, comenta sobre as justificativas atreladas a esse alto custo no Brasil, uma vez que trata-se de um grande empecilho enfrentado pela população da classe baixa brasileira, que acaba sendo o consumidor final. Sendo assim, é válido mencionar que no Brasil, diferentemente dos países desenvolvidos, os gastos atrelados aos remédios não são reembolsados pelo Estado ou pelos planos de saúde, o que dificulta esse processo de equiparação de valores. 

 

É de conhecimento que a logística de medicamentos no país, também contribui para a alta de preço dos medicamentos, uma vez que o processo desde a produção até a distribuição possui alto nível de complexidade, principalmente, no que diz respeito ao transporte desses produtos que deve ser realizado de forma cautelosa. Conforme comenta o empresário Manoel Conde Neto, compreender a cadeia logística farmacêutica é de extrema necessidade para entender a justificativa desse encarecimento. Nesse sentido, vale pontuar a eficácia dos órgãos regulatórios que tende a ser falha no Brasil, comprometendo assim as normas que devem ser seguidas no ramo do transporte. 

Manoel Conde Neto
Manoel Conde Neto

Sob esse viés, é nítido que o alto custo da logística brasileira está estritamente ligada ao alto nível de exigência que a cadeia de produção dos medicamentos possui, seja pela aquisição de insumos, embalagens, armazenamento e a distribuição rigorosa, que envolve cadeia fria, temperatura controlada e afins. Logo, para manter a qualidade do produto, o gasto passa a ser maior, de forma que chegue ao consumidor final nas condições ideais de uso.

 

Outrossim, para garantir que o produto chegue aos hospitais e farmácias, conforme as normas de segurança, profissionais qualificados devem ser contratados. Nessa perspectiva, é válido mencionar o cuidado maior, dado, por exemplo, aos medicamentos importados que segundo o empresário Manoel Conde Neto, deve seguir a risca algumas particularidades, tais como: etiquetas com informações legíveis; nota fiscal e CTe atribuída ao armazenamento e transporte e o correto registro de produtos biológicos. Portanto, é visível que esse serviço possui um alto nível de responsabilidade, o que consequentemente gera custos para o contrato de funcionários competentes. 

Manoel Conde Neto
Manoel Conde Neto

Dessa forma, pode-se concluir que a grande responsável pelo alto custo dos medicamentos brasileiros é a logística que é comprometida principalmente pelo transporte. Nesse panorama, vale mencionar o mal planejamento urbano que fez do transporte rodoviário um complexo caótico para se locomover. Sendo assim, a alternativa para uma maior agilidade passa para os outros modais, tal qual o aéreo e hidroviário, que por sua vez também possuem altos custos de locomoção. Logo, o preço dos medicamentos se deve a fatores externos e não meramente lucrativos.

Share This Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

fapjunk
Reading: Manoel Conde Neto comenta a justificativa do preço dos medicamentos na indústria farmacêutica

© 2024 Globo Brasil- [email protected]